Pesquisar neste site

Carregando...

Livio Barbosa - Pintura Mediúnica





Uma demonstração de pintura mediúnica (psicopictografia ou psicopictoriografia), apresentada no quadro Dom Especial do programa TV Xuxa, ano passado. Trata-se de um dom mediúnico, que se exteriorizou, quando ainda criança, no médium Lívio Barbosa, o qual vem servindo de instrumento a grandes mestres da pintura para sua manifestação artística, numa prova evidente de que a vida continua, em outros moldes e em outras dimensões. Os espíritos utilizam-se do médium para expressar sua arte, no entanto, a fidelidade dessa expressão artística sofre uma influência anímica do instrumento que está sendo utilizado, ou seja, do médium, o que impede que a obra realizada, através dele, seja tal qual aquelas que os seus criadores produziram quando viviam entre nós (encarnados). Há diferenças de materiais empregados, bem como, o tempo dispendido na pintura mediúnica é exíguo, quando comparado com aquele que era consumido para realizar uma tela, no passado, o que permitia que a mesma sofresse retoques e ajustes, antes de ser dada como pronta. Imagine um grande pianista a quem é dado um piano desafinado para tocar. O som que ele vai extrair daquele instrumento defeituoso jamais revelará o virtuose do piano que o está tocando. O mesmo acontece numa comunicação mediúnica. O médium que não tem guardada, na sua memória perispiritual, certa bagagem de experiências anteriores com as artes plásticas, o qual, por esse motivo, não consegue exteriorizar, por si próprio, o dom da pintura, terá dificuldade em ser um instrumento fiel para esses espíritos pintores. As obras produzidas mediunicamente, portanto, assemelham-se bastante e revelam, incontestavelmente, o estilo inconfundível dos gênios que lhes deram origem, mas não são iguais àquelas que eles criariam sem intermediários.

Fraternalmente,

Orlando Mota Maia

Leitura Recomendada

  • O Livro dos Espíritos - Allan Kardec
  • O Evangelho Segundo o Espiritismo - Allan Kardec
  • O Livro dos Médiuns - Allan Kardec
  • O Céu e o Inferno - Allan Kardec
  • A Gênese - Allan Kardec